27/07/2006

A casa do reloxo



Seguimos afondando na metamorfose mugardesa. Desta volta vaille tocar á mítica Casa do Reloxo, que podería rematar dedicada á hostalería. Non sei vós, pero a min me montan un after-hours ao final do peirao e non hai Ferrol, Pontedeume ou Ordes que me saque de Mugardos un sábado-noite.

Ah, ha, ha, ha, stayin' alive, stayin' alive!

Nenhum comentário:

Postar um comentário